Utilizamos cookies!

Olá! Nós utilizamos cookies para melhorar a experiência dos nossos usuários e usuárias ao navegar por nossos sites. Ao continuar utilizando nossos serviços online, entenderemos que você estará contente em nos ajudar a construir uma sociedade mais inclusiva e aceitará nossos cookies.

Para conferir como cuidamos de seus dados e sua privacidade, acesse nossa Política de Privacidade.

Acesso ao Trabalho

Faça já o seu cadastro!

Estas páginas tem como objetivo receber o cadastro de pessoas com deficiência visual e de empresas que buscam apoio da área da empregabilidade.

Conheça nossa página ou acesse pelos canais diretos:

Vagas

Atendente de Loja – PCD

Drogaria São Paulo

Descrição das atividades: Vaga operacional dentro das nossas lojas: Auxiliar no recebimento e conferencia de mercadorias, estoque mercadorias nas prateleiras excesso no estoque, realizar atendimento, entrega de cestos e direcionamento do cliente até as seções desejadas, realiza o fechamento da venda no caixa.

Saiba mais sobre a vaga

Estágio de Acesso ao Mercado – São Paulo – SP

Syngenta

Descrição: Suporte na construção e direcionamento das ações de acesso ao mercado Brasil, como penetração de canais de distribuição, gaps de cobertura de área e ganhos de MS%. Gestão e acompanhamento Brasil dos programas de relacionamentos com a rede Syngenta. Suporte à área de marketing no cascateamento das ações estratégicas nas unidades de negócios.

Saiba mais sobre a vaga

Analista BI Jr (PCD) – São Paulo – SP

Syngenta

Descrição: Carregamento cenários de planejamento; Fechamento mensal de vendas entre contábil e sistema gerencial; Rodar mensalmente todo o fluxo para reportar as vendas à órgão independente; Atualizar mensalmente informações de importações para ingredientes ativos utilizados no agronegócio; Garantir a governança para todo o ecossistema do hub de dados e ter o controle de versionamento para flat files; Gestão, controle e monitoramento de acessos ao hub; Acompanhar diariamente o fluxo de atualização do hub de dados; Ser o focal point para suporte a dúvidas sobre dados.

Saiba mais sobre a vaga

RTV Pleno atuação Floresta – Professional Solutions – Bauru – SP

Syngenta

Descrição: Fará parte da equipe SPS Floresta, sendo responsável por fazer a gestão dos canais de distribuição, revendas e atendimento de produtores diretos na região de atuação pelo setor florestal.

Saiba mais sobre a vaga

Estágio de Meio Ambiente e Sustentabilidade – Paulínia – SP

Syngenta

Descrição: Estagiar no departamento de HSE – Meio Ambiente, participando da rotina de gestão ambiental e sustentabilidade do site Paulínia/SP, através da realização de controles e monitoramentos ambientais, indicadores de desempenho, inspeções e sugestões de melhorias das operações produtivas e participação na implementação de projetos de sustentabilidade.

Saiba mais sobre a vaga

Estagiária – Estagiário de MKT DTM

Syngenta

Descrição: Estágio de Marketing em uma área chamada DTM (desenvolvimento técnico de mercado), que atua fazendo a ponte entre o time de pesquisa, de produtos e o comercial.

Saiba mais sobre a vaga

Cenário sobre empregabilidade e deficiência visual

Brasil tem uma estimativa de 45 milhões de pessoas com deficiência (23.9 % da população à época do Censo).

Dentre essas, cerca de 6,5 milhões têm deficiência visual, sendo 500 mil cegos e 6 milhões com baixa visão.

O Estado de São Paulo tem 9.3 milhões de pessoas com deficiência.

A cidade de São Paulo tem 2,7 milhões de pessoas com deficiência.

CENSO IBGE 2010

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego/ Relação Anual de Informação Social (MT/RAIS 2017) 441, 3 mil pessoas com deficiência encontravam-se empregadas em virtude da Lei de Cotas.

Destas 62,1 mil são pessoas com deficiência visual.

O quadro apresenta um cruzamento de informações entre o aumento de fiscalizações ao cumprimento da Lei de Cotas por empresas acima de 100 trabalhadores (empresas que necessitam cumprir a legislação) e um aumento gradativo de contratação de pessoas com deficiência, via regime C.L.T. (Consolidação das leis do Trabalho) , no período de 2003-2018.

 

Ano Fiscalização da cota para PcD e reabilitados PcD e reabilitados em decorrência
da fiscalização (empregados
regulares e aprendizes)
2003 97 0
2004 611 2.221
2005 3.011 12.786
2006 4.377 19.978
2007 5.503 22.314
2008 5.367 25.844
2009 6.443 26.046
2010 7.626 28.752
2011 9.711 34.395
2012 9.538 35.420
2013 10.742 40.897
2014 10.957 42.613
2015 10.530 42.021
2016 6.642 30.656
2017 9.727 37.217
2018 11.401 46.900
Total Geral 112.283 448.060

Fonte: Ministério de Trabalho e emprego (2018).

Serviços de Empregabilidade da Fundação Dorina Nowill para Cegos

O serviço de Empregabilidade da Fundação Dorina Nowill para Cegos surgiu na década de 1950 do século XX, como um serviço pioneiro de profissionalização e inclusão de pessoas cegas no mundo do trabalho.

De lá para cá, sempre antenado com as perspectivas e mudanças no mundo do trabalho, a área de empregabilidade não mede esforços para ampliar e estimular oportunidades de trabalho para pessoas com deficiência visual e apoiar empresas e organizações no cumprimento da Lei de Cotas, bem como oferecer suporte para que empresas e organizações implementem com qualidade seus programas de Diversidade e Inclusão.

Nosso propósito

Promover a inclusão profissional de pessoas com deficiência visual e apoiar empresas neste processo.

O acesso ao trabalho digno é um direito humano básico!

O que fazemos

Facilitação no processo de inclusão profissional de pessoas cegas e com baixa visão por intermédio de:

  • Entrevistas de perfil profissional, orientação e encaminhamento de pessoas com deficiência visual para oportunidades de trabalho oferecidas por empresas parceiras;
  • Mantemos um Banco de talentos e uma plataforma de currículos
    de pessoas com deficiência visual com diversos perfis profissionais;
  • Apoio a empresas para análise de posto de trabalho e acessibilidade;
  • Apoio a área de recursos humanos para recrutamento e seleção
  • Sensibilizações, Workshops customizados para empresas e organizações com temáticas em relação a empregabilidade, deficiência, acessibilidade, Lei de Cotas entre outros.de pessoas com deficiência visual;

Número de pessoas com deficiência visual incluídas no mercado de trabalho com apoio e suporte da área de empregabilidade

2017
2017
36 pessoas
2018
2018
93 pessoas
2019
2019
116 pessoas

Número de profissionais e empresas que receberam sensibilização, orientação e consultoria em acessibilidade para empregar com qualidade pessoas com deficiência

2017
2017
123 profissionais de um total de 75 empresas e organizações
2018
2018
450 profissionais de um total de 129 empresas e organizações
2019
2019
700 profissionais de um total de 300 empresas e organizações

Depoimentos

Empresas

Avelino Mariano da Silva Melo

Grupo Leforte

“Tivemos apoio da Fundação Dorina em todas as fases - da indicação à contratação - e isso fez com que conhecêssemos melhor a realidade da pessoa com deficiência visual e realizássemos as adequações necessárias para o bem-estar de todos. Constantemente recebo feedbacks que têm feito toda a diferença!”

Elizabeth Rodrigues Sequeira

Recursos Humanos

Hospital Leforte

“Hoje o setor de Empregabilidade da Fundação Dorina é responsável por alavancar grande parte de nossas contratações. Os candidatos enviados a nós estão sempre dentro dos padrões exigidos pelo hospital. Temos um time de 28 massoterapeutas com deficiência visual que encantam nossos colaboradores”

Andrea Gimenes

Recursos Humanos

Maurício de Souza Produções

“A consultoria da Fundação Dorina foi imprescindível em todas as etapas do projeto de inclusão no nosso Programa de Massoterapia (recrutamento e seleção de profissionais, encaminhamento para admissão, orientações para integração e acompanhamento pós contratação). É um aprendizado contínuo!"

Anna de Sales

Brazil Human Resources

TransUnion

“A parceria com a Fundação Dorina têm sido extremamente importante para nossa trajetória de Diversidade & Inclusão na TransUnion. Encontramos na Fundação uma equipe dinâmica, empática e genuinamente engajada que apoia o desenvolvimento de uma cultura inclusiva e segura nas empresas”

Candidatos

Alice de Souza

Massoterapeuta

Konecta

“Em 2018, fiz o curso de massoterapia na Fundação Dorina e descobri a profissão que eu queria para minha vida! Logo depois comecei a trabalhar na Konecta, e a cada dia que passa, mais me alegro por ter descoberto essa profissão! Agradeço a Deus pela oportunidade de aprender a fazer massagem aos 50 anos de idade!”

Caio Henrique Roberto Leal de Sá

Estagiário e Direito

TransUnion

“Quando conheci a área de Empregabilidade, eu já estava desempregado há um ano, e o que me frustrava era a dificuldade de achar vagas e ter retornos das empresas. A Fundação Dorina fez com que meu currículo chegasse a lugares onde eu teria mais oportunidades, o que me deixou muito mais motivado”

Jonatha Gabriel da Rocha

Trainee

Mauricio de Souza Produções

"Os projetos de empregabilidade da Fundação Dorina oferecem mais do que inclusão. Também proporcionam apoio, informação, acessibilidade e oportunidades. Uma iniciativa que deixa aparente o engajamento dos envolvidos, e uma legitima paixão pela causa na busca dos direitos de pessoas com deficiência”

Parceria

https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/Google.png

Empresas atendidas

https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/pwc.png
https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/telefonica-vivo.png
https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/Hospital-Leforte.png
https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/Mauricio_de_Sousa_Producoes.png
https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/TransUnion.png
https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/SPDM.png
https://fundacaodorina.org.br/wp-content/uploads/2020/10/Atento.png